GOHOMEBOOK

Hotel | Venda | Estômbar, Lagoa

€ 2.900.000

Categoria  Hotel
Área Útil  480000m2
Tamanho do Lote  480000m2

Descrição

Sítio da Abicada, junto ao Rio Arade, freguesia de Estômbar, concelho de Lagoa.

  • Projecto baseado nas definições e condicionantes específicas resultantes do Programa Base estabelecido com o Promotor e do Enquadramento definido pela C. M. Lagoa, nos termos de Referencia e Programa de Concurso para Estabelecimento Hoteleiro Isolado;
  • O projecto reproduz as possibilidades de intervenção no território em questão, nomeadamente, em termos dos usos e índices de construção permitidos, bem como as condicionantes de caracter territorial e paisagístico, considerando a reformulação e requalificação da construção existente para utilização turística;
  • Área total do terreno: 48,59ha; Área do terreno do hotel e envolvente: 27,2ha;
  • A área em questão está sujeita às disposições legais do PDM de Lagoa, com condicionantes afectas à Reserva Ecológica Nacional (REN), à Reserva Agricola Nacional (RAN) e Autoridade Florestal Nacional (AFN);
  • De acordo com as condicionantes descritas na REN, em sintonia com a intenção da CM Lagoa e do Promotor, a intervenção tem por base a alteração da área de construção existente, sem ampliações ou novas impermeabilizações/ocupações de solo, para uso Turístico em Espaço Rural, na figura de Hotel Rural, aprovado no Turismo de Portugal, com a devida adaptação aos requisitos e condicionantes previstos na legislação em vigor;

O conjunto proposto para uso turístico, tem como Área Bruta de Construção “habitacional” total, 2617,94m2, distribuída por 3 corpos/volumes, com 1 a 2 pisos:

Volume 1, encontram-se os quartos (24 quartos duplos e 2 quartos suite), recepção e lobby. Tem ainda uma cave, com parque de estacionamento e zona técnica.

  • Área do quarto suite: 39,41m2;
  • Área quarto duplo: 28,88m2;

Volume 2, Restaurante/Bar e áreas de apoio funcional, Piscina na cobertura, com ligação ao Volume 1, por passadiço aéreo.

  • Este volume tem ainda uma cave, onde se situa a zona técnica, balneários e zona de apoio a funcionários;

Volume 3, com um apartamento T3 e um apartamento T2 (ambos com 2 pisos);

  • Area Apartamento T3: 123,22m2
  • Área apartamento T2: 102,41m2

No total, o projecto prevê a instalação de 28 unidades de alojamento, a que correspondem, 24 quartos duplos, 2 quartos suite e 2 apartamentos isolados;

A equipa projectista está a trabalhar no projecto de alterações que irá permitir aumentar a capacidade de alojamento para 43 quartos no volume 1 (40 duplos e 3 suites), e no volume 3, as moradias passam a ser 2 T0, 1 T1 e 1 T2, que poderão funcionar como unidades de alojamento independentes. No total ficam 48 quartos.
Será igualmente projectado um SPA, com piscina interior e sala de massagens, cabines de aromaterapia e um ginásio.

  • De forma a reforçar os critérios de integração no meio ambiente e valorização dos habitats existentes, os espaços verdes são uma característica dominante em toda a propriedade, potenciando as relações entre os vários espaços construídos através de percursos e caminhos, havendo também uma ligação com o Rio Arade, aonde será possível aceder.
  • Esta ligação ao rio será valorizada através da construção de um ancoradouro (já construído) que irá permitir a utilização de barco para passeios e deslocações ao longo do Rio Arade e/ou acesso a Silves e Portimão (marina), que ficam “distanciados” por 15 e 30 minutos, respectivamente.
  • Por estes caminhos, poder-se-á igualmente aceder à vinha e zona das hortícolas, disfrutando-se não só de toda a paisagem ao longo destes percursos, como se tem a possibilidade de disfrutar e participar nas actividades agrícolas que estejam a decorrer.

O conceito do projecto do hotel, assume uma associação da unidade hoteleira ao da exploração agrícola (vinha/vinho e hortícolas) e contacto com a Natureza, criando uma interacção dos hóspedes com estas actividades.

  • A diversidade e singularidades de experiencias de âmbito recreativo, lúdico e estético/paisagístico, serão mais-valia neste projecto e na sua integração com a Natureza, seja com passeios a pé ou de barco, ou através da observação e interpretação da fauna e flora locais, ou ainda, visitas a zonas históricas como Silves.
  • Serão ainda criadas zonas como hortas e pomares (ervas aromáticas, produtos hortícolas e frutas) para colheita de produtos directamente utilizáveis para consumo e confecção no restaurante e bar do hotel.
  • Este conceito de turismo no espaço rural constitui uma modalidade de alojamento de elevado potencial e diferenciador dos tipos de alojamento convencionais.
  • É por isso, a alma e a imagem deste conjunto especificamente direccionado para o contacto directo com a natureza, o repouso e o bem estar.
  • Projecto de Arquitectura – fase de licenciamento – Aprovado pela C.M. Lagoa; Projectos de Especialidades – fase de licenciamento – Em análise para aprovação, na C.M. Lagoa; Todos os projectos já estão aprovados pela Câmara de Lagoa, aguardando-se pela emissão da licença de construção, cujo pedido já foi feito;

Turismo de Portugal - Projecto aprovado.

  • Projecto já submetido a candidatura “Incentivos à Inovação Empresarial/Inovação Produtiva”, no âmbito do Portugal Inovação 2020 – Em análise; Esta candidatura não foi aprovada. Neste momento espera-se pelo projecto de alterações, para com os novos elementos se elaborar nova candidatura, com outros custos de construção e portanto, novos valores de investimento.
  • PDR 2020 – Candidatura submetida para Projecto para instalação de sistema de rega e equipamento agrícola para 10ha de vinha e 7,5ha de hortícolas – Projecto em análise; Aprovada e já instalada;
  • Transferência de Direito de Plantação de vinha (VITIS): Pedido aprovado para plantação de 20ha de vinha;
  • Plantados 10ha de vinha, com sistema de rega gota-gota; Castas utilizadas: Brancos: Alvarinho, Sauvignon Blanc e Arinto; Tintos: Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet;
  • Marca “Riverade”, registada e aprovada para nome de hotel e vinho

Eficiência Energética

Eficiência Energética

Avaliação da Energia é um índice de desempenho térmico de um edifício, indicando os níveis de aquecimento e arrefecimento ideais no Inverno e no Verão. Edifícios que atingirem a Classificação energética A ou B são mais confortáveis para se viver e ter as contas de energia mais baixas.

Zona

Estômbar, Lagoa